DERIVA CARTOGRÁFICA

O projeto, contemplado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Uberlândia, realiza experimentações de film swap em fotografia analógica. O film swap, ou troca de filmes, é um procedimento em que duas (ou mais) pessoas podem fotografar uma mesma película fotográfica, gerando imagens de dupla-exposição experimentais. É um dos poucos procedimentos fotográficos pelos quais é possível uma criação essencialmente compartilhada, uma vez que a visualização das imagens só é possível após a sobreposição de duas composições realizadas por duas pessoas distintas. Da mesma maneira, não é possível nunca dissociar as imagens. Como resultado, torna-se possível criar fotografias que contém em si dois tempos e dois espaços distintos.

O projeto, formulado por Yuji Kodato e Mariana Cecílio Abrahão, criou em 2019 um coletivo fotográfico em Uberlândia e em breve realizará o lançamento de uma revista e uma exposição com os resultados do trabalho. Em 2020 o projeto se prepara para ampliar seu alcance para todo o Brasil, com o objetivo de construir um grande mapa imagético que entrelace e confunda as diferentes realidades, paisagens, costumes, cotidianos e experiências de nosso país continental.